segunda-feira, 29 de agosto de 2016

HISTÓRICO GERAL - BATISTAS REGULARES

RESUMO HISTÓRICO
Batistas Regulares HISTÓRICO GERAL, DISTINTIVOS, ESTATUTOS E ARTIGOS DE FÉ DOS BATISTAS REGULARES.
Os Batistas Regulares iniciaram seu trabalho no Brasil através de duas missões: A Associação Batista para o Evangelismo Mundial(ABWE) e a Sociedade Evangelizadora Baptist Mid-Mission(BMM), as duas quase simultaneamente. O Sr. GUY Edward Mclain chegou ao Brasil, no Rio de Janeiro, em Dezembro de 1935 com a BMM. Foi para Salvador, Ba. Ali estudou a língua portuguesa. Num diálogo com um missionário escocês, convenceu-se de que a região mais necessitada era o Nordeste. Decidiu então pelo Vale do Cariri, (Juazeiro e Crato). Chegou à região em 1937. Ali abriu o primeiro trabalho Batista Regular do Ceará.

 Com o passar dos anos, ele e vários colegas cooperadores que se agregaram a ele, iniciaram uma escola com os cursos primário e ginasial, e o Seminário Batista do Cariri, em 1946. Hoje o campus funciona em novas instalações na cidade do Crato. Muitos missionários têm servido a Deus no Ceará, desde a chegada dos pioneiros.
  Visão Principal
 Quase ao mesmo tempo do início do trabalho Batista Regular no Ceará, um casal da BMM subiu o Rio Amazonas, em 1935, para iniciar um trabalho em Manaus, AM. Arle e Herthel Ross compraram casa e terreno próximos a cidade e, em Março de 1937, receberam mais um casal, Garnet e Fern Trinble. A casa serviu de moradia e templo. A Igreja Batista de Cachoeirinha organizou-se com 38 membros em 1946. Hoje o estado conta com um número grande de Igrejas, Congregações, Acampamentos e até um hospital evangélico. O estado ainda conta com o Seminário Batista do Amazonas, fundado em 1946 e o Seminário Batista do Pará, fundado em 1985. As duas missões trabalham em união atuando diretamente com os trabalhos e missões nacionais.
Em 1951, os primeiros missionários da BMM em São Paulo foram Emmanuel e Reva Woods, judeus, trabalhando especialmente entre os seus patrícios. Dynes e Máxime McCullough seguiram-se a eles, fundando novos trabalhos. Com o passar do tempo, diversos casais se mudaram do Nordeste para São Paulo, iniciando novas igrejas. Em 1959, foi fundada a Impressa Batista Regular, hoje Editora Batista Regular e, na mesma data, foi fundado o Seminário Batista Regular de São Paulo.
Em seguida, alguns missionários da BMM foram para a região Sul, estabelecendo-se em Curitiba, Novo Hamburgo e diversas cidades. Foi fundado o Seminário Batista Regular do Sul, em Curitiba. A BMM mantém duas escolas para os filhos dos missionários: Uma em Curitiba e outra em Fortaleza, CE. Seu escritório central tem sede em Fortaleza. A BMM contra com mais de 150 casais no Brasil. A ABWE enviou o missionário Paul Scherer para Manaus em 1932. O missionário, depois se mudou para outro país da América do Sul.
O Sr. Carl Mathews chegou ao Nordeste em 1932. Fundou a Igreja Batista Regular de São José do Mipibu, RN, em 1937. Ainda outros missionários chegaram ao Rio Grande do Norte nesta época, estabelecendo igrejas em Mossoró e cidades vizinhas. O Dr. Mateus fundou ainda o 


Seminário Batista Bereiano, em 1950. Começou em São José do  Mipibu, passou pelo  Acampamento Elim e depois, para sua sede  atual em Natal, RN. Falaremos mais sobre a  história do SIBB.
Templo da IEBatista de S. J. de Mipibu
 Da. Adelaide com o Pr. Ricardo ao colo
Os Batistas Regulares no Rio Grande do Norte
(Recomendo a leitura do Livro “Que Povo é Esse?”)
A partir de 1936, missionários pertencentes às duas missões independentes apoiadas pela Associação de Igrejas Batistas Regulares dos Estados Unidos, começaram a chegar ao Brasil. Foram eles: A BMM(Baptist Mid-Missions) e ABWE(Association of Baptist for World Evangelism).
O trabalho começou pelos estados do Ceará, Amazonas, Rio Grande do Norte e Acre. Inicialmente, houve uma boa convivência com a Convenção Batista Brasileira.
Todavia, isso foi mudando com o aparecimento de indícios que se tornou necessário manter um movimento separado. A convivência mudou devido aos fatores abaixo:
O Movimento Batista Regular definiu os seus rumos, até então meio indefinidos;
Houve uma debandada de obreiros e Igrejas que saíram dos nossos quadros e se integraram à Convenção e,
Algumas questões teológicas foram vitais para a separação.
Posições sobre a escatologia bíblica, o afrouxamento de práticas necessárias no campo da fidelidade às Escrituras Sagradas e, devido a estes
Da. Adelaide e Mateus- Pioneiros/RN fatores, o comprometimento com o mundo, tornou-se urgente a separação.
O movimento Batista Regular é fundamentalista. Aceita a Bíblia como única regra de Fé e prática. Está presente em praticamente todos os estados da federação. A preservação das verdades bíblicas continua sendo defendida como o fazia os anabatistas no passado. O Movimento no Brasil já ultrapassou os 40 mil membros. Possui diversos Seminários como também missões regionais, acampamentos e outras entidades assistenciais.
Sua estrutura nacional é dirigida por uma Associação que congrega todos os batistas regulares. Reúne-se a cada biênio para promover o estudo da Palavra de Deus, receber os relatórios nacionais e tratar de problemas pertinentes às necessidades locais.
Em muitos estados o movimento tem suas associações. Seguem o mesmo objetivo da nacional.                                        
  Missionários e pastores  batistas regulares/RN–décadas de 50- 60
                                    
 SIBB- Um dos seminários do Brasil-Natal, RN
Cada batista regular deve conhecer sua história. Uma história de lutas e de glórias. Recomendamos a leitura do Livro “Que Povo é Esse”.
Uma história completa dos trabalhos das duas missões ocuparia muito espaço. As lutas, bênçãos, dificuldades e vitórias foram muitas e ainda continuam. Contamos hoje com 61 trabalhos no RN, devidamente afiliados à Associação Estadual, AIBRERN. Esperamos ainda muitas vitórias na batalha dos batistas regulares.
Em 1946 foi formada a AIBRERN COM A PRESENÇA DAS LIDERANÇAS ESTADUAIS E OS MISSIONÁRIOS. AS IGREJAS BATISTAS REGULARES DE SÃO JOSÉ DE MIPIBU, PARNAMIRIM E LAGOA SECA (HOJE, FORA DA COMUNHÃO). As igrejas acima reunidas, em São José de Mipibu, deram os primeiros passos da entidade estadual. A obra é imensa e Deus espera que seu povo seja fiel. Sendo assim, desde que a 1ª. Igreja Batista Regular foi fundada em 1939, nestes 60 anos de AIBRERN, os Batistas Regulares no RN, completam 70 anos de história.
Pr. Tenório | AIBRERN



←  Postagem mais recente Postagem mais antiga  → Página inicial

Um comentário :

  1. A nossa dos Batistas Regulares é linda! Amo de coração nosso movimento e sua defesa pela verdade.

    ResponderExcluir

BÍBLIA DIGITAL